Posts Tagged ‘dirce-assombração’

Só mais uns dias

March 29, 2013

Um resumo dessa semana-amiga, a última do mestrado, a que antecede a liberdade e a juventude.

1. O Office não funciona.

Aí eu pago r$60 pra instalar um Office pirata. Ok, o Office pirata é maravilhoso (ei, Microsoft, vaitomarnocu).

2. A internet lá de casa não funciona. 

Aí eu vou pra biblioteca e descubro que a minha carteirinha da biblioteca desapareceu misteriosamente de dentro da carteira. O porteiro, é claro, não me deixa entrar. Eu começo a chorar e maldizer o cosmos enquanto me ajeito pra passar o dia trabalhando na salinha do café. O porteiro se compadece e me deixa entrar, mas já avisa que se eu não achar a carteirinha, nada de biblioteca pra mim no resto do feriado. Aí eu viro de novo a hóspede inoportuna na casa do Nuno, coitado, enquanto ele viaja. Ok, estou aqui com uma internet mara e a companhia fofíssima da gata-Nininha, minha nova BFF.

3. Meu intestino não funciona.

Aí é comer mamão e orar, né, fazer o quê.

4. Meus hormônios, esses sim, funcionam direitinho e resolveram aderir à TPM com muito amor.

Poxa, cosmos, dá uma ajudinha aí, vai.

 

UPDATE: Susan Miller explica!!!

“Things are about to get a bit harder before they get easier. The hardest full moon of 2013 will arrive in Libra, March 27, but will influence the entire week, from March 23 to April 1. All full moons have an area of influence of four days before and after the full moon arrives.”

JÊNIA do zodíaco. NU.

Perca tempo agora: pergunte-me como!

February 12, 2013

Eu tinha um plano lindo pra esse carnaval, com um dia de folia e outros quatro de produtividade intensa & amor à dirce. Já se foram três dias e dois prazos – e nada. No auge do desespero, decidi escrever loucamente a madrugada inteira fazer uma linda lista com as formas mais fofas e inovadoras de perder tempo que eu usei nesse feriadão. Se você precisa urgente entregar alguma coisa e está sem criatividade para a procrastinação, sirva-se, colega!

– Ter uma ressaca monstra

– Dormir 10h por noite

– Ficar online no Gtalk

– Fazer um faxinão no quartinho dos fundos

– Decidir assistir um filme

– Descobrir que você baixou todos os filmes no seu HD sem legenda ou dublados em italiano

– Baixar as legendas e faixas de áudio corretas

– Aprender a fazer abobrinha refogada

– Cuidar muito bem da higiene dental

– Ficar muito foda no FreeCell

– Experimentar os vestidos de festa da sua mãe

– Descobrir que o papa renunciou e pensar várias formas engraçadas de usar seu feice papal pra dar a notícia (sendo que você não tem mais facebook)

– Fazer uma lista de como perder tempo

Eu sou tipo a Herbalife da procrastinação

Eu sou tipo a Herbalife da procrastinação

A culpa, o inconsciente e a raposa

January 19, 2013

Acabei de acordar de um dos pesadelos mais absurdos, porém compreensíveis, dos últimos tempos. Eu estava dentro de um documento do Word, que tinha uma função “Joker” habilitada. É, Joker, aquele coringa do baralho. Era um coringa super do mal, meio Gato de Botas, meio raposa, que tinha o papel de fechar todas as portas, cercas e espaços vazios, pra que eu não pudesse voltar (nas páginas, sei lá). Corta para mim, dentro do documento. Fisicamente dentro – o documento era tipo uma trilha-labirinto, parecia ilustração de fábula. Encontrei o Amilcar, cachorro aqui de casa, e entendi que minha missão era salvá-lo, tirando ele de lá. Trilhas-labirinto são muito perigosas pra cachorros de apartamento, claro. Então só dava eu tentando de todo jeito voltar pro início do documento, com o Amilcar no colo (ele não é um cachorro muito bonzinho), enquanto copiava (em uma manobra corporal de Ctrl + C) uma citação que eu não podia esquecer. E o coringa/raposa/Gato de Botas lá, tentando fechar todas as cercas pra que eu não cumprisse minha missão. Acordei quando eu tentava loucamente desativar a função Joker (com o cão no colo e a citação na Área de Transferência), pensando quem tinha sido o imbecil que inventou isso.

Aí são quatro da manhã da vida-real, preciso retomar meu capítulo e o Amilcar está com dor de barriga, arrastando cocô mole sala afora.

Só queria compartilhar, obrigada.