Posts Tagged ‘Freud explica’

A culpa, o inconsciente e a raposa

January 19, 2013

Acabei de acordar de um dos pesadelos mais absurdos, porém compreensíveis, dos últimos tempos. Eu estava dentro de um documento do Word, que tinha uma função “Joker” habilitada. É, Joker, aquele coringa do baralho. Era um coringa super do mal, meio Gato de Botas, meio raposa, que tinha o papel de fechar todas as portas, cercas e espaços vazios, pra que eu não pudesse voltar (nas páginas, sei lá). Corta para mim, dentro do documento. Fisicamente dentro – o documento era tipo uma trilha-labirinto, parecia ilustração de fábula. Encontrei o Amilcar, cachorro aqui de casa, e entendi que minha missão era salvá-lo, tirando ele de lá. Trilhas-labirinto são muito perigosas pra cachorros de apartamento, claro. Então só dava eu tentando de todo jeito voltar pro início do documento, com o Amilcar no colo (ele não é um cachorro muito bonzinho), enquanto copiava (em uma manobra corporal de Ctrl + C) uma citação que eu não podia esquecer. E o coringa/raposa/Gato de Botas lá, tentando fechar todas as cercas pra que eu não cumprisse minha missão. Acordei quando eu tentava loucamente desativar a função Joker (com o cão no colo e a citação na Área de Transferência), pensando quem tinha sido o imbecil que inventou isso.

Aí são quatro da manhã da vida-real, preciso retomar meu capítulo e o Amilcar está com dor de barriga, arrastando cocô mole sala afora.

Só queria compartilhar, obrigada.

Pesadelo

April 11, 2012

Hoje eu tive um sonho horrível. Sonhei que fui dar aula pros meus alunos na quinta à noite, mas a sala estava muito cheia de gente e de televisões. Os meninos que nunca apareceram na disciplina estavam lá, conversando muito, fazendo bagunça e ligando as televisões. E o Bruno Leal tinha ido assistir à aula. Para completar, eu não tinha preparado a aula direito e só lembrei disso no meio do sonho, vendo meus xerox não lidos. Eu tentava retomar as aulas passadas, mas esquecia o que eu ia falar e perdia completamente o controle da turma. E o Bruno Leal lá, assistindo. Pra completar, quando eu saía do campus, um moço tentava me assaltar e eu saia correndo Fafich afora, com muito medo. Acordei às 05h50 toda retorcida, tensa, com dor de cabeça e muito preocupada.

 

Tenho que lembrar de contar isso pro meu analista (eu voltei!) e preparar a aula muito diretinho na quinta, creindeuspai.